Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Publicado em 02/03/2018

Fique por dentro

“Deus tem escrito a história por meio daqueles que dizem ‘eis-me aqui’”, diz Juliano Son

O cantor Juliano Son afirma que a Igreja tem responsabilidade pelas conquistas missionárias no Brasil e no mundo.


“Deus tem escrito a história por meio daqueles que dizem ‘eis-me aqui’”, diz Juliano Son (Foto: Reprodução)


Segundo o cantor Juliano Son, uma igreja só pode ser relevante em seu sentido apostólico quando está envolvida com a missão de Deus.


“O Deus revelado nas Escrituras é o Deus que envia. Missões são agir de Deus na história por meio daqueles a quem o Senhor enviou”, disse ele durante ministração na Conferência de Missões da Igreja Batista Central de Belo Horizonte.


Ele observa que, ao longo dos séculos, a pergunta que Deus continua ecoando é: a quem enviarei? Embora muitos não se sintam dignos de responder ao chamado divino, essa é justamente uma característica daqueles que fazem parte do avanço missionário.


“Deus chama pessoas imperfeitas, incompletas, quebradas. Ele chama homens e mulheres de lábios e pensamentos impuros, que ainda estão nesse processo de santificação”, explica. “Não é por aquilo que temos condições de dar, é por aquilo que Ele tem condições de fazer através daqueles que dizem ‘sim’”.


“Se você se sente incapaz e indigno para o chamado, saiba que é esse justamente um dos critérios para Deus escolher alguém. Ele escolhe pessoas sem autossuficiência”, o cantor destaca


Juliano observa que a Igreja tem responsabilidade pelas conquistas missionárias no Brasil e no mundo. “Nossas ações, debaixo da graça de Deus, vão determinar o número de vitórias e conquistas na Terra. Dos tempos de Adão até os dia de hoje, o Senhor tem escrito a Sua história de graça e redenção por meio daqueles que têm dito ‘eis-me aqui’”.


Ele acredita que o que motivou o profeta Isaías a dizer “eis-me aqui” (Isaías 6:8) foi a clara visão da glória de Deus. “Foi a revelação de Deus que levou o profeta Isaías a abraçar o seu chamado. Será que quem não vive em missão, está vendo a glória de Deus? Será que quem não vive em missão, tem buscado conhecer a Deus? Será que quem pensa mais em seus interesses e não está disposto a perder algo para que outros ganhem, tem visto a glória de Deus?”, questiona.


Confira a pregação completa:


Guiame.com.br