Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Publicado em 28/05/2019

Fique por dentro

Ter fé é diferente de usá-la, alerta pregadora Joyce Meyer

O uso de todo o potencial da fé só será possível diante de situações que estimulem e desafiem a confiança em Deus.


A fé em Deus é uma ferramenta que aqueles que creem a usam diariamente, de forma objetiva ou indireta. A medida, no entanto, é relativa a cada indivíduo, segundo um artigo da pregadora Joyce Meyer.


“Mesmo que você não se sinta como um gigante espiritual de fé, você pode ter esperança na Palavra de Deus que diz que, como um crente, você tem uma medida de fé plantada dentro de você”, contextualizou Joyce Meyer.


A necessidade de colocar a fé em prática, no entanto, é algo que poucas pessoas se dão conta. “Alguns de vocês podem dizer: ‘Bem, eu tenho fé. Eu creio em Jesus’. Francamente, uma coisa é dizer que você tem fé, mas outra totalmente diferente é aplicar sua fé aos desafios da vida”, destacou a pregadora no artigo publicado em seu site.


As adversidades, em geral, são uma oportunidade de descobrir se praticamos a fé ou se nos acovardamos, conceituou Meyer: “É fácil sentir que temos muita fé quando as coisas vão bem ou se desenrolam como queremos. E é fácil ter fé quando algo novo surge e a vida é empolgante. Mas coisas acontecem. E quando as coisas acontecem, como sua fé responde?”, questionou. “Nós operamos com fé o tempo todo e nem sequer pensamos nisso. Não estou me referindo apenas a grandes eventos dramáticos que acontecem. Também estou me referindo às pequenas coisas que surgem e podem facilmente desviar você”, acrescentou.


O uso de todo o potencial da fé só será possível diante de situações que estimulem e desafiem a confiança em Deus, sugeriu a pregadora: “Você pode possuir fé, mas deve usá-la. Um músculo que não é usado fica fraco e encolhe. Se você não usa sua fé, então não é diferente de não ter nenhuma”.


Ela ilustrou esse conceito com algo simples, cotidiano: “Você não começa a suar e tremer de medo dizendo ‘tenho medo de me sentar nesta cadeira, não sei se deveria estar fazendo isso!’. É uma ilustração tola para enfatizar: você simplesmente vai se sentar na cadeira porque tem um pouco de fé”.


“Entregue sua circunstância a Jesus e esteja confiante de que Ele tem tudo sob controle. Sua vida vai mudar drasticamente quando você liberar sua fé. Não basta ter fé apenas em seu coração — coloque-a para fora, coloque-a à prova e se surpreenda com o que Deus faz através de sua vida”, concluiu.

Gospel Mais